Já ouviu falar em World Café?

No dia 19 de novembro decorreu um World Café, inserido no projeto PEN-3S, com vista ao desenvolvimento do sistema de vigilância do estado nutricional do idoso, SEVEN-I.

Um World Café pode ser definido como um processo conversacional estruturado, facilitador de uma discussão em grupo focada num tema específico e permitindo a construção de uma “sabedoria coletiva”1. Os participantes movem-se entre mesas, onde continuam as conversas orientadas por um conjunto de perguntas pré-definidas. Para além do diálogo construtivo, este tipo de ambiente promove aprendizagem colaborativa e descoberta de possibilidades conjuntas de ação.

O World Café que decorreu no âmbito do projeto PEN-3S, contou com a presença de vários especialistas de diferentes áreas, tais como medicina geral e familiar, nutrição, geriatria, gestão da saúde e direcção técnica de lares. Esta atividade teve como objetivo refletir sobre os desafios do desenvolvimento e implementação de um sistema eletrónico de vigilância do estado nutricional do idoso (SEVEN-I). Pretende-se que o sistema a implementar otimize sistemas de alerta clínico e de referenciação para o diagnóstico e tratamento da desnutrição dos idosos, e que seja fácil de usar de
forma sistemática, quer em contexto de unidades de cuidados de saúde primários, quer em lares de idosos.

Alguns dos aspetos a definir e sobre os quais se partilharam ideias e criaram sinergias no decorrer do World Café foram: “Seleção de indicadores de desnutrição a utilizar no SEVEN-I”, “Critérios de acesso e segurança do SEVEN-I” e “Otimização do sistema de alerta e de referenciação de idosos desnutridos ou em risco nutricional”.

  PEN-3S_world_cafe_3 PEN-3S_world_cafe_2 PEN-3S_world_cafe

 

1 Tan S, Brown J. The World Cafe in Singapore: Creating a Learning Culture Through Dialogue. The Journal of Applied Behavioral Science. 2005 Mar; 41(1): 83–90.